Texto por Colaborador: Redação 13/10/2021 - 18:48

Embora o atacante Paolo Guerrero esteja saindo há poucos meses do encerramento de seu contrato (válido até o fim de 2021), o montante economizado pelo clube será gigantesco. 

Segundo informações do jornalista Filipe Duarte, de GZH, a saída do peruano pode gerar uma economia de aproximadamente R$ 4 milhões aos cofres alvirrubros. Dono do maior salário do plantel, o ex-camisa 9 recebe cerca de R$ 800 mil mensais e um outro valor referente às luvas, que tem sido diluído ao longo do período em que atuou no Beira-Rio. Assim, restando pouco mais três meses a cumprir (outubro, novembro e dezembro), além do pagamento de férias e 13º salário, será um enorme alívio a gestão neste encerramento de temporada.

Enquanto negocia sua rescisão de contrato, Guerrero deixa o Gigante sem deixar saudades. Contratado em agosto 2018, o centroavante só pôde estrear pelo Inter em abril de 2019. Atualmente na reserva, o jogador de 37 anos ao todo fez 72 partidas e balançou as redes em 32 oportunidades pelo Colorado dos Pampas.

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

137 pessoas já votaram