Texto por Colaborador: Redação 18/03/2020 - 19:02

De acordo com o orçamento para 2020, publicado no Portal da Transferência, antes de extinguir na última terça (17) o seu time sub-23, o Internacional previa investir R$ 3,6 milhões na categoria. Segundo o jornalista da Rádio Bandeirantes, Bruno Flores, a decisão pelo fim da equipe teria sido tomada em fevereiro.

Além da questão econômica, a nova política pode inviabilizar a participação colorada no Brasileirão de Aspirantes devido ao atual regulamento da competição, que exige um máximo de oito atletas com idade até 19 anos. Em entrevista ao GaúchaZH, o Inter confirmou a situação: "Se não mudarem o regulamento, o Inter não vai jogar. Creio que outras equipes tomarão a mesma decisão".

Já em entrevista a Rádio Bandeirantes nesta quarta-feira (18), Erasmo Damiani, coordenador das categorias de base do Inter, comentou as novas filosofias implementadas no Beira-Rio: "O clube tem de ter um conceito de trabalho, e você também precisa seguir um modelo mundial. No Brasil, colocamos jovens cada vez mais. Essa definição (de fechar o time sub-23) parte da área diretiva do clube. Ela foi construída de uma forma que o clube entendeu que não teria como ter a permanência da categoria."

Categorias

Ver todas categorias

Gustagol é um bom reserva para Paolo Guerrero?

Sim

Votar

Não

Votar

2967 pessoas já votaram