Texto por Colaborador: Redação 10/05/2020 - 17:34

Teremos a continuidade de Libertadores da América e Copa Sul-Americana em 2020, com retorno previsto para setembro. Ao menos é no que acredita a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), segundo reportagem do diário Olé deste domingo (10).

O períodico argentino apurou que a entidade segue trabalhando com vários planos, "A, B, C...", e que tem um esboço de calendário para a retomada da competição, que parou após a disputa da segunda rodada da fase de grupos.

O entendimento é que para as 11 datas restantes (quatro da primeira fase + seis de oitavas, quartas e semis + uma da decisão), já incluindo a final em jogo único a ser realizada no Maracanã, no Rio de Janeiro, seriam necessárias pelo menos 15 semanas.

A Conmebol, presidida pelo paraguaio Alejandro Domínguez, vê como improvável que se consigam 11 semanas seguidas com partidas apenas de Libertadores e Sul-Americana - por conta dos campeonatos nacionais de cada país.

Logo, a entidade, que segundo o texto entende os diferentes estágios da pandemia do coronavírus nos dez países do continente e diz "sobretudo no Brasil", avalia que dá para voltar com as disputas em setembro e encerrá-las ainda em 2020.

Mas a reportagem deixa duas coisas muito claras. A primeira, é a de que a Conmebol também trabalha com a hipótese de a final ser jogada apenas em 2021, em janeiro, se necessário.

E a segunda, a de que não haverá Mundial de Clubes em dezembro, previsto para acontecer o Catar, país-sede da Copa do Mundo de 2020. A competição é organizada pela Fifa.

ESPN

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

854 pessoas já votaram