Texto por Colaborador: Redação 05/05/2021 - 00:00

A categoria Sub-20 do Clube do Povo visitou o Tupi, no início da noite desta terça-feira (04/05), para a disputa dos primeiros 90 minutos das oitavas de final da Copa do Brasil. No Estádio Mario Helênio, em Juiz de Fora, o Inter contou com atuação inspirada do centroavante Vinicius Mello para conquistar importante vitória de 4 a 1, gols do camisa nove, três vezes, e Vitinho.

A partida de volta será disputada na próxima sexta-feira (07/05), às 19h, no Passo D’Areia. O Clube do Povo joga com grande vantagem, e pode ser superado por até dois gols de diferença. Esta fase da Copa do Brasil, vale lembrar, não conta com saldo qualificado por tentos anotados fora de casa.

JOGO

O Inter comandou as ações do jogo na etapa inicial. Aproveitando os espaços oferecidos pelos donos da casa, o Clube do Povo chegou com perigo tanto em tramas pelo meio quanto em arranques pela ponta-esquerda. Desencaixada, a zaga mineira apenas assistia aos arranques de Vitinho, pivôs de Vini Mello e tabelas entre Tobias e Cleberson, armas exploradas à exaustão pelo time de Fábio Matias.

Vitinho atordoou a zaga na primeira etapa/Foto: Jota Finkler
O relógio indicava 19 minutos quando Vitinho, em um raro momento de presença pelo corredor direito, recebeu excelente assistência de Vinicius Mello e mandou preciso arremate no contrapé do goleiro Cleberson. Inter na frente e, 10 minutos mais tarde, em vantagem, instante em que os atores foram invertidos, e o centroavante colorado completou escanteio cobrado pelo camisa 11.

Tão logo o confronto foi reiniciado, Neto contou com desvio na zaga colorada para descontar para o Tupi. O gol, surpreendente pelo que ocorrera na etapa inicial, empolgou os donos da casa, que construíram atuação segura nos minutos seguintes ao tento. Ao encaixe rival, Fábio Matias respondeu com trocas que modificaram a disposição das peças coloradas dentro de campo.

Lucas Vital foi o capitão do Inter em Minas Gerais/Foto: Jota Finkler
A última troca feita pelo Inter foi a entrada de Cadorini. Novo comandante de ataque, ele deslocou Vini Mello para o corredor direito. Simpático às diagonais, o centroavante também abriu, com sua movimentação, espaços interessantes para Tobias. Dos pés do lateral-direito surgiram os dois últimos gols da noite, ambos anotados pelo 9 colorado. O primeiro, em lance de puro oportunismo. O segundo, quarto do jogo, após lindo canhotaço.

Ficha técnica:

Tupi-MG (1): Cleberson; Wellerson (Davi Carneiro), Diego (Igor Fabris), Arthur e Gabriel Neto; Tiago, Diogo e Gilmar; Rodrigo, Jonas (Paulo) e Fabricio. Técnico: Tiago Longo.

Internacional (4): Lucas Flores; Vinicius Tobias, Tiago Barbosa, João Felix e Cazzetta; Lucas Vital, Igor (Pedrinho) e Gustavo (Matheus Cadorini); Cleberson, Vinicius Mello e Vitinho (Estêvão). Técnico: Fábio Matias.

Gols: Vitinho, aos 19’/1ºT, e Vinicius Mello, aos 29’/1ºT, 37’/2ºT e 41’/2ºT (I). Neto, aos 3’/2ºT.

Cartões amarelos: Lucas Vital, Leonardo e Pedrinho (I).

Arbitragem: Leonardo Rotondo Pinto, auxiliado por Marconi Helbert Vieira e Breno Rodrigues. Quarto árbitro: Paulo Cesar Zanovelli.

Estádio: Mário Helênio-MG.

 

Categorias

Ver todas categorias

Aguirre é a escolha certa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1408 pessoas já votaram