Texto por Colaborador: Redação 11/08/2020 - 18:09

O jornalista Fabrício Falkowski, do Correio do Povo, publicou nesta terça-feira uma matéria dando conta de que embora os problemas financeiros colorados estejam longe de acabar o clube deve ter um alívio nas próximas semanas com valores na casa dos R$ 80 milhões entrando nos cofres do Beira-Rio.

Desse montante, R$ 31,5 milhões viriam da Turner - que ainda não pagou o acordo pelo Brasileiro 2020 -, ainda assim, existe um sinal claro de que o conflito pode chegar no fim e de que os valores deverão ser repassados. 

A outra fonte extra de recursos viria da iminente venda de Bruno Fuchs. O zagueiro é observado por clubes da Europa há bastante tempo, e estima-se que o Inter aceitaria uma proposta próxima dos 8 milhões de euros (mais de R$ 50 milhões atualmente).

De acordo com levantamento feito ainda no início da pandemia, a quebra de caixa pode ultrapassar os R$ 100 milhões devido aos efeitos da pandemia. Já contabilizados, o Inter fechou os números do primeiro quadrimestre do ano e cravou déficit de R$ 51 milhões.

Inicialmente, em um panorâma normal (sem Covid-19), a direção projetava um déficit de R$ 13,6 milhões em 2020 e previa redução de receitas em relação à temporada anterior. A última vez que o SCI fechou o ano com as contas em dia foi em 2015, quando o superávit foi de R$ 27,6 milhões. De 2016 em diante sempre as despesas do clube foram superiores às receitas.

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1066 pessoas já votaram