Texto por Colaborador: Redação 17/07/2021 - 17:00

A Prefeitura de Porto Alegre se movimenta para autorizar o retorno dos torcedores aos estádios da capital gaúcha. Entretanto, a proposta necessita de aprovação do Governo Estado do Rio Grande do Sul. A prefeitura apresentou um documento oficial, mostrando queda nos principais indicadores da pandemia e aguarda a resposta.

Segundo calendário proposto pela prefeitura, no período entre 19 de julho e 1º agosto, seriam autorizados eventos com ocupação máxima de 50% do alvará ou do Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI) e limite de público de mil pessoas. Entre os requisitos para realização estariam testagem no momento da entrada, agendamento de testagem por grupos e horários diferenciados, coleta de dados para rastreabilidade e autorização do Escritório de Eventos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SMDET). 

Após, até a segunda quinzena de agosto, podem ser liberadas atividades com 50% da ocupação máxima até 5 mil pessoas. A autorização seguiria avançando de forma gradual, com ocupação de 75% e público de 10 mil e, em setembro, chegar a 20 mil pessoas. A última etapa, prevista para final de setembro, com ocupação máxima de público, exigiria, testagem na entrada ou esquema vacinal completo do público presente, além de autorização do município sede.

“A volta gradativa dos eventos é um pedido da região, com muita responsabilidade. Nossa expectativa, em Porto Alegre, é no final de agosto ter 100% da população vacinável já imunizada com a primeira dose e bem avançada na segunda dose. Com o progresso da vacinação, podemos ter uma vida mais normal na cidade”, disse o prefeito Sebastião Melo.

A Conmebol já autorizou o retorno dos torcedores aos estádios e no caso do Brasileirão, só será permitido quando todos os clubes puderem contar com o apoio dos torcedores. Veja qual é o plano da Prefeitura:

19/07/2021 a 01/08/2021: ocupação máxima de 50% autorizada no alvará ou PPCI e limite de mil pessoas

02/08/2021 a 15/08/2021: ocupação máxima de 50% autorizada no alvará ou PPCI e limite de 5 mil pessoas

16/08/2021 – 29/08/2021: ocupação máxima de 75% autorizada no alvará ou PPCI e limite de 10 mil pessoas

30/08/2021 – 26/09/2021: ocupação máxima de 75% autorizada no alvará ou PPCI e limite de 20 mil pessoas

27/09/2021 até esquema de vacinação completo de 70% da população total: ocupação máxima autorizada no alvará ou PPCI

A Câmara de Vereadores também se mobilizou e aprovou um Projeto de Lei (PL) para garantir a volta dos torcedores aos estádios da capital. Falta apenas a sansão do prefeito. Nessa lei, será exigido a comprovação de vacinação, para que os torcedores tenham acesso às arquibancadas.

Categorias

Ver todas categorias

Aguirre é a escolha certa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

550 pessoas já votaram