Texto por Colaborador: Redação 08/05/2020 - 18:10

A Rádio Gre-Nal conversou nesta sexta-feira (8) com Lauro Hagemann, Vice-presidente de Finanças do Inter. O dirigente falou a respeito de vários temas, inclusive sobre as demissões e as dificuldades do clube com a crise da pandemia do coronavírus. Confira os principais trechos.

TEXTO:

A situação atual: "O João [Patrício Hermann] teve bastante precisão a fazer esse comentário de que é a pior crise que o clube já viveu."

Relação com os atletas: "Eu não sei o que foi proposto aos jogadores, não sei o que eles acertaram. Seria leviano eu falar disso, porque não participei. O que vi dos jogadores foi muita sensibilidade."

As demissões em alguns setores: "Todas áreas do Inter são fundamentais. O que acontece é que algumas áreas tinham um número muito expressivo de funcionários."

Sobre o imbróglio com a Turner: "O nosso vice Alexandre Chaves Barcellos discute à exaustão para que possamos superar isso. No nosso caso é uma fatia muito importante."

Projeção do futuro: "Sou cauteloso. Não sabemos quando o futebol vai poder voltar. Temos projeção nos três cenários já divulgados. Não avançamos para um cenário de mais de 120 dias."

Crise com o alongamento da crise: "Não existe instituição que tenha fôlego para suportar tanto tempo sem ingresso de receita. Uma paralisação por período tão alongado não teria como não causar impactos drásticos e tristes."

O retorno aos treinos: "Os jogadores são ativos do clube, e esses jogadores devem estar aptos para jogar tão logo for liberado. Não tem impacto financeiro direto no clube, mas eles são atletas profissionais que tem que estar em forma."

Importância da fidelidaded do sócio: "O torcedor do Internacional é muito solidário. Neste mês de abril, não podemos dizer que tivemos uma perda de receita vinda dos associados. Não foi significativo ou algo que não aconteceu em outras ocasiões."

"Não há nenhuma alteração que a gente precise ir atrás de algum patrocinador."

Ações do clube: "A nossa Vice-Presidência de Marketing já está trabalhando desde o início deste processo para construir um incentivo para recompensar esse sócio fiel. O pessoal do Nelson estão se preparando para daqui a pouco dizer alguma coisa ao torcedor."

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

2991 pessoas já votaram