Texto por Colaborador: Redação 07/12/2021 - 03:25

Confira as principais declarações do vice-presidente de futebol, Emílio Papaléo Zin, após o duelo diante do Atlético-GO (1x2), em partida válida pela 37° rodada da Série A.

DECLARAÇÕES

“Nós, enquanto diretoria, não estamos satisfeitos com o que aconteceu. Tínhamos que ganhar este jogo. Fizemos um planejamento onde teríamos que ter duas vitorias, para chegar a Libertadores, e não foi o que aconteceu (...) O clima no vestiário hoje, por óbvio, não era bom. Todo mundo chateado. Vamos lamber as feridas e ir para cima do Bragantino."

“Todos nós estamos abatidos. Ninguém está aqui passando panos quentes no resultados. Sabemos o problema, temos um planejamento para corrigir (...) Prefiro não falar do que sair com evasivas do tipo 'está chegando um, está saindo outro'. Imagina se retirássemos hoje um jogador ou algum membro da comissão técnica. Que efeito isso teria para o próximo jogo?"

Balanço da temporada: "Vamos fazer o balanço após o último jogo. O que posso dizer é que o ano de 2021 não foi o que pensávamos. Tivemos alguns tropeços, mas também algumas correções de rumo. Ninguém está aqui passando panos quentes, sabemos os problemas. Temos uma análise, um diagnóstico, sabemos o que está errado. A pior coisa é não saber por que se ganha, se perde ou se empata. Nós, enquanto diretoria, não estamos satisfeitos".

Declarações de Taison:  "O Taison tem razão, temos de fazer uma reformulação. O campeonato não terminou ainda, temos mais uma partida pela frente e precisamos ir em busca dos três pontos. Embora seja muito difícil, matematicamente é possível. Estamos aqui unidos, trabalhando muito sério, esperando fazer de 2022 tudo o que 2021 não conseguiu ser".

Falta de entrevista dos jogadores após os jogos: "Os jogadores, na verdade, não dão a cara a bater porque eu estou aqui. Como a área é o futebol, a responsabilidade é inteiramente minha."

Declarações como "estamos tranquilos", agora se mantém?  "Ganhamos o GreNal de forma heróica, com este mesmo grupo. Eu usei a expressão 'time que está ganhando não se mexe', se referindo à estrutura."

Reformulação para 2022: 'Todas as avaliações que tivermos de fazer serão feitas após o término da competição. Imagina se quiséssemos tirar algum jogador agora ou a comissão técnica, qual efeito teria de benéfico para o próximo jogo? Nenhum. Todos sabem disso. Então, esse momento será no final do campeonato'.

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

1241 pessoas já votaram