Texto por Colaborador: Redação 06/05/2020 - 18:00

A Rádio Gre-Nal conversou nesta quarta-feira (6) com João Patrício Hermann, vice-presidente do Inter. O dirigente colorado falou sobre as demissões e os demais temas devido à crise pandêmica de Coronavírus e um possível retorno do futebol. Confira os principais trechos.

TEXTO

Demissões no clube: "Não vamos negar que é um dia bem complicado. Mas faz parte. Temos um deficit, e com essa pandemia vamos perder cerca de R$100 milhões. Algumas demissões tiveram que ser feitas. Várias áreas do clube estão completamente parados por conta dessa pandemia. E como todas empresas também estão fazendo, tivemos que fazer alguns cortes."

Sobre a demissão de Índio e Fabiano: "O Inter respeita muito seus ídolos, respeita muita suas histórias. Mas no momento que o ídolo sai do campo e entra na administração, ele entra no risco normal de mudanças de cenários."

Situação dos clubes: "A situação é complicada. Acho que alguns clubes não vão voltar. Estive na reunião da FGF, tem presidentes sérios, mas que estão sentindo na carne essa crise."

Sobre o retorno do futebol: "É um cenário bastante nebuloso ainda. Tivemos alguns depoimentos importantes dos presidentes. Os clubes terão muita dificuldade para terminar os campeonatos. A gente sabe que ainda é muito cedo para voltar a jogar. Nossos atletas estão apenas fazendo trabalhos físicos, individual, sem contato. Sabemos que o retorno do futebol vai demorar."

Sobre a volta do Campeonato Gaúcho: "Não tem data. Não tem previsão. A prioridade é assegurar a saúde de todos. O estado tem diferentes bandeiras, cada cidade tem as suas dificuldades."

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

1743 pessoas já votaram