Texto por Colaborador: Redação 19/02/2020 - 10:45

Nesta quarta-feira a rádio Gre-Nal conversou com Alexandre Chaves Barcellos, vice-presidente do Inter que respondeu as perguntas sobre o duelo decisivo com o Tolima nesta quarta na Colômbia, além de comentar sobre o modelo de jogo de Coudet e outros assuntos. Confira os principais trechos.

TEXTO

O jogo desta quarta-feira na Olômbia: "É uma decisão, um jogo importante que vai definir sua continuidade na competição. Esperamos fazer um bom jogo pra buscar a vaga dentro de casa na próxima semana. Estamos vendo um time atuando diferente. Com o Musto atuando de uma maneira diferente do volante do ano passado, com saída pelos dois lados, com os zagueiros ajudando na construção. Uma maneira do Inter jogar."

O novo modelo de jogo: "É um novo jeito de jogar que estamos nos adaptando ainda. Sabemos que a torcida tem pressa, mas nós temos que ter calmo. É um trabalho que está se formando e nós temos confiança que vai nos render frutos."

"Nossos investimentos são limitados. Foi assim que o Gustavo veio, com uma pequena parte do percentual sendo comprado. Esperamos que dê certo para que possamos adquirir o restante. Estamos sempre com os pés no chão."

A estratégia para vencer hoje: "Nós temos que buscar um gol. Quando você não marca fora, o jogo em casa se torna tenso. Queremos vencer. Se não der, esperamos, pelo menos, marcar fora. Mas vamos buscar essa vitória."

A dificuldaded da viagem: "Um ou outro jogador se sentiu mal, pois você desce já com uma altitude. Você voa, depois faz uma longa viagem de ônibus. Não é fácil."

A derrota no clássico: "Ninguém gosta de perder Grenal. Ficamos indignados pela maneira que foi, conseguindo jogar melhor mesmo com 10 homens. Mas o futebol não nos dá tempo pra sentir dor. Temos que já focar nessa decisão da Libertadores."

Sobre a escalação de Fuchs: "Não me surpreendeu. Pois, desde que começamos a analisar o Coudet e a maneira que os times dele jogavam, vimos que o Fuchs se encaixaria mais nesse modelo. Ele foi bem e vai crescer."

Categorias

Ver todas categorias

Gustagol é um bom reserva para Paolo Guerrero?

Sim

Votar

Não

Votar

3106 pessoas já votaram