Texto por Colaborador: Redação 02/07/2020 - 16:40

A rádio Gre-Nal conversou nesta quinta-feira com José Aldo, ex-jogador do Inter cujo contrato encerrou há pouco no final de Junho. O jovem falou sobre a sua passagem pelo Clube do Povo e revelou alguns detalhes da carreira e a respeito do seu futuro. Confira os principais trechos.

TEXTO:

Saída do Inter: "Eu saio feliz, mas gostaria de ter mostrado mais meu futebol. Mas aprendi bastante."

Objetivos a partir de agora: "A prioridade a partir de agora é buscar um projeto que seja bom para minha carreira."

Experiência com o Coudet: "O Coudet optou por outras peças. O que apresentei talvez não tenha agradado a ele. No final do ano passado me disseram que o Coudet queria me observar mais de perto, e dei preferência para o Inter."

Tristeza pela saída? "Eu não fico triste, tenho que tirar o melhor do que aconteceu. A maioria do tempo fui muito feliz aqui."

Aprendizado: "Que eu dei o meu melhor isso não tenho dúvida. Não teve um dia que não tenha dado. Posso melhorar minha intensidade, foi muito bom treinar com ele [Coudet] neste sentido."

"Me sinto privilegiado pelo apoio dado pela torcida colorada. Iam em Alvorada nos acompanhar. Tive oportunidade de ganhar dois títulos sobre o Grêmio, o que foi fantástico."

Sobre comparações de Palmeiras e Inter: "Acredito que no geral estão no mesmo nível. Na base, os treinamentos do Palmeiras eram um pouco mais avançados. Tinha um treinador do sub-20 que era muito bom."

Sobre os protocolos sanitários: "O clube deu todo suporte para todo mundo. Todo mundo tinha consciência que tinha que se cuidar."

Sobre a possível ida para o Athletico: "Teve interesse, mas não acertamos nada. Meu empresário está conversando com clubes definindo isso."

Sobre os aspirantes: "Era muito importante porque a gente podia estar jogando, tendo ritmo de jogo. Foi muito bom também por ter sido campeão."

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

2662 pessoas já votaram